Monday, September 24, 2012

Bolo de canela

Um bolo saboroso, ideal para acompanhar um chá e receber o Outono e os dias mais frios e chuvosos. Cá em casa foi ainda mais apreciado no dia seguinte porque ficou mais húmido. A receita vem na caixa maravilha Bimby a 100%.


















Ingredientes:
7 ovos
200 gr de açúcar
150 gr de farinha
2 colheres de sopa de canela em pó
Açúcar qb para polvilhar
Canela qb para polvilhar

Preparação:
Colocar a borboleta, deitar no copo os ovos e o açúcar e programar 10 min., temp. 37, vel. 4.
Juntar a farinha e a canela e programar 4 seg., vel. 3.
Deitar num tabuleiro previamente untado e polvilhado com farinha e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 20 min.
Depois de pronto, desenformar ainda quente, cortar em quadrados e passar pela mistura de açúcar e canela.

Sunday, September 9, 2012

Bolo de chocolate e coco

Depois de uns dias de férias, estou de volta à cozinha. Esta receita vem na Teleculinária Robot de Cozinha de Setembro e foi o bolo escolhido para levarmos para as férias. Ficou muito bom!



















Ingredientes:
220 gr de farinha
200 gr de açúcar
200 gr de chocolate de culinária
150 gr de natas
100 gr de coco ralado
5 ovos
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar e polvilhar uma forma redonda ou rectangular.
Deitar as natas no copo e programar 4 min., temp. 90, vel. 2.
Juntar o chocolate partido em pedaços, o açúcar e o coco ralado e programar 30 seg., progressivamente nas velocidades 6, 7 e 8.
Fazer descer os resíduos com a espátula; juntar os ovos, a farinha e o fermento e programar 15 seg., vel. 6. Passar novamente a espátula e programar novamente 15 seg., vel. 6.
Deitar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35/40 minutos. 
Desenformar, deixar arrefecer e decorar a gosto.

Monday, August 27, 2012

Tarte de morangos e amoras silvestres

Para fazer esta tarte, inspirei-me numa receita de tarte de frutos do bosque que vem na Cozinha Prática de Sucesso. Alterei algumas quantidades, fiz o creme de pasteleiro na bimby e usei só morangos e amoras silvestres. Entretanto, encontrei as natas perfeitas para bater em chantilly sem ter que usar o chantifix: as Milbona do Lidl. Bateram em menos de 1 minuto e se não estivesse atenta era certo que tinham passado a manteiga.


















Ingredientes:
1 base de massa folhada fresca
Feijão ou grão crú
400 ml de natas para bater (bem frescas)
2 colheres de sopa de açúcar
1 dose de creme de pasteleiro do livro base (cerca de 370 gr)
Morangos e amoras a gosto

Ingredientes para o creme de pasteleiro:
70 gr de açúcar em pó (pulverizei na bimby 10 seg., vel. 9)
Casca de laranja e casca de limão a gosto
1 ovo
1 gema
1 colher de sopa de açúcar baunilhado
300 gr de leite
15 gr de maizena (amido de milho)

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Colocar a massa folhada numa tarteira de fundo amovível. Picar o fundo com um garfo, forrar com papel vegetal (ou folha de alumínio), encher com os feijões crús - para a massa não empolar quando for ao forno. Levar ao forno 15 minutos.
Remover o papel vegetal e os feijões e levar ao forno mais 10 minutos. Retirar e deixar arrefecer. Desenformar e reservar.

Para o creme de pasteleiro, colocar no copo o açúcar, a casca de laranja e a casca de limão e programar 15 seg., vel. 9.
Juntar os restantes ingredientes e programar 6 min., temp. 90, vel. 4.
Retirar do copo e deixar arrefecer completamente.

Com o copo da bimby bem lavado e seco, colocar a borboleta e as natas bem frescas. Programar 2 min., vel. 3 1/2. Adicionar as 2 colheres de açúcar pela abertura da tampa. Atenção que o tempo para montar o chantilly é variável e convém estar a vigiar.

Com uma vara de arames, envolver o chantilly no creme de pasteleiro até obter um creme homogéneo. Deitar o creme na base de massa folhada, espalhar os frutos por cima e decorar a gosto. Levar ao frio até servir.

Tuesday, August 21, 2012

Crocante de chocolate com framboesas

No Domingo tivemos visitas para o almoço e, assim que vi a capa da Bimby, momentos de partilha deste mês, ficou decidida qual seria a sobremesa: Crocante de chocolate com framboesas. Apesar de ter seguido a receita à risca, a parte do suspiro não saiu lá muito bem, mas deu para aproveitar a camada de cima que tinha ficado crocante. Acrescentei ainda algumas nozes partidas em pedaços pequenos para compensar a menor quantidade de crocante e, por cima do chantilly, achei que ficaria bem adicionar um molho de chocolate (derreti um pouco de chocolate de culinária com natas) e depois as raspas de chocolate e as framboesas. Estava com receio que não tivesse ficado suficientemente bom, mas enganei-me. Comeu-se tudo e mais houvesse. Estava mesmo muito bom, nada enjoativo e bem fresco.
Ingredientes:
150 gr de açúcar
30 gr de chocolate para culinária
chocolate de culinária qb para fazer as raspas de chocolate
3 claras de ovo
1 pitada de sal
1 colher de sopa de sumo de limão
1 colher de sopa de cacau em pó
400 ml de natas para bater bem fresca
125 gr de framboesas

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 120ºC.
Pulverizar o açúcar (10 seg., vel. 9) e reservar.
Ralar as 30 gr de chocolate (5 seg., vel. 9) e reservar.
Lavar e secar bem o copo, colocar a borboleta, deitar as claras e o sal e programar 1 1/2 m na vel. 3. Com a bimby a trabalhar na vel. 3, adicionar lentamente, através do bocal da tampa, o açúcar em pó.
Retirar o copo da base, adicionar às claras batidas em castelo o sumo de limão, o cacau e o chocolate reservado e envolver delicadamente com uma vara de arames.
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno a 120ºC durante uma hora. Depois, reduzir a temperatura do forno para os 60ºC e deixar cozer durante mais uma hora. Desligar o forno e, sem abrir, deixar arrefecer completamente.
Lavar e limpar bem o copo, colocar a borboleta e bater as natas (2 min., vel. 3) até que fiquem bem cremosas.
Depois de frio, partir o suspiro em pedaços e colocar nas taças. Aqui juntei também algumas nozes partidas em pedaços pequenos. Cobrir com as natas batidas e depois deixar cair alguns fios de molho de chocolate. Decorar com as framboesas e com as raspas de chocolate. Deu para 6 taças.
Levar ao frio até servir.

Monday, August 6, 2012

Pudim de nutella

Esta foi mais uma receita que uma amiga partilhou comigo no Facebook. Fiz para a sobremesa do almoço de aniversário do meu sogro e foi um sucesso. À receita original adicionei apenas uma mão cheia de morangos congelados triturados, que dispus por cima da calda de chocolate e deu-lhe um toque especial. Adoro o contraste do doce com o ácido e foi isso que consegui com uma coisa tão simples. Desapareceu enquanto o diabo esfrega um olho.

















Ingredientes:
3 ovos
1 1/2 chavena de chá de açúcar

2 colheres de sopa de farinha de trigo
1 1/2 chavena de chá de leite
1/2 chavena de chá de chocolate em pó
180 gr de nutella
200 ml de natas frescas
5 folhas de gelatina (usei das pequenas, da Gelita)

Preparação:
Bater os ovos, o açúcar, a farinha de trigo, o leite e o chocolate em pó (30 seg., vel 4).
Colocar a mistura num tacho e levar a lume brando, mexendo sem parar até engrossar.
Tirar do lume e juntar a Nutella, as natas batidas em chantilly e a gelatina já preparada - colocar as folhas de gelatina numa tigela com água fria durante alguns mitutos; escorrer bem e levar ao microondas 3 ou 4 segundos para que estas se dissolvam.
Colocar numa forma de pudim (eu não tinha e usei uma forma de bolo com buraco), untada com óleo e polvilhada com açúcar.
Levar ao frigorífico até ficar bem firme - convém fazer de véspera para ficar pelo menos uma noite no frio. Desenformar, decorar a gosto e sirva em seguida. Eu fiz uma calda de chocolate com natas e triturei uma mão cheia de morangos congelados para decorar.
Se tiverem dificuldades em desenformar, mergulhar o exterior da forma em água bem quente durante 2 ou 3 segundos para que o pudim se descole mais facilmente. 

Tuesday, July 31, 2012

Queques de iogurte

Quando fiz os bolos para o aniversário da Rita, acabou por me sobrar um pouco de massa e, em vez de deitar fora - que seria um pecado capital -, aproveitei para fazer uns queques para o lanche. A massa do bolo de iogurte é muito versátil e fica bem com todos os recheios e coberturas e, apesar da sua simplicidade, é um dos meus bolos preferidos.
Ingredientes:
Raspa da casca de um limão
5 ovos grandes
1 iogurte natural
80 gr de óleo
200 gr de açúcar
160 gr de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Misturar muito bem todos os ingredientes, exepto a farinha e o fermento (5 min., vel. 4).
Adicionar a farinha e o fermento e envolver (15 seg., vel. 3).
Se for para fazer um bolo, untar e polvilhar uma forma e levar ao forno cerca de 35/40 minutos - o tempo de cozedura varia de forno para forno.
Se for para fazer queques, colocar forminhas de papel dentro de formas de silicone, encher até 3/4 de altura e levar ao forno cerca de 15 minutos.
Deixar arrefecer, rechear e decorar a gosto.
Eu recheei uns com nutella e outros com doce de ameixa - com uma colher de café abrir um buraquinho no topo do queque e colocar o receheio pretendido. Para decorar usei M&M, maltesers e gomas

Tuesday, July 24, 2012

Bolo arco-íris

Há bolos que dão trabalho. Muito trabalho. Mas, depois de ver o resultado final, a sensação de dever cumprido é avassaladora. Principalmente se o bolo tiver sido feito para um filho. Usei a receita e as indicações que já tinha publicado AQUI e o resto é o que se vê. Fizemos a decoração com pasta de açúcar em vez de gomas e o resultado final foi este - felizmente contei com a preciosa ajuda do meu marido, que tem muito jeito e paciência para os detalhes mais minuciosos. O bolo foi um sucesso por fora e por dentro. Usei chantilly e pêssego para rechear os 6 bolos de iogurte que fiz, e que tinha congelado com antecedência,  o que resultou num bolo bem fresco, ideal para ser servido num dia de Verão. Usei formas de 22 cm de diâmetro para os bolos de cima e de 29 cm para os de baixo.